Coruripe pressiona, mas fica apenas no empate com o Socorrense-SE na estréia pelo Nordestão

 



Disputando pela primeira vez a Copa do Nordeste e em sua estreia na competição, o Coruripe apenas empatou com o Socorrense-SE por 1 x 1 na noite desta quarta-feira (4), no Estádio Gérson Amaral, pela 1ª rodada do torneio regional. O Hulk saiu na frente com o meia Tiago Lima, mas o atacante Orobó empatou para os sergipano.

A partida, marcada para as 20h30, começou atrasada porque a arbitragem aguardava o desfibrilador chegar na ambulância. O Coruripe informou que tinha o equipamento necessário, mas ele não estava no veículo. Enquanto o aparelho não era localizado, o jogo só iria começar quando o desfibrilador chegasse ao estádio. Mas 20 minutos depois, um hospital cedeu o equipamento para, enfim, o jogo começar.

Com a bola rolando, o duelo começou morno e sem grandes emoções. Apesar de ter um pouco mais de posse de bola, o Hulk até conseguia chegar bem no ataque, mas não estava com tanta criatividade para conseguir uma bola finalização. Mas logo em seguida, o time sergipano melhorou e passou a ter mais controle na partida, apesar de que não conseguia assustar ao goleiro do time alagoano.
Só que aos 36 minutos o Coruripe chegou ao primeiro gol. O meia Tiago Lima recebeu cruzamento de João Paulo e escorou de cabeça para fazer o primeiro gol do Verdão e sacudir a torcida. O Socorrense tentava reagir, só que geralmente esbarrava na defensiva alagoana. Quando teve chances de gol, o goleiro Carlos salvava o Coruripe, que garantiu a vitória parcial até a hora do intervalo.

No segundo tempo, a partida voltou mais movimentada do que na etapa inicial. Aguerrido, o Hulk foi para cima e queria ampliar logo nos primeiros minutos, mas o Socorrense conseguia evitar o pior. Mas quem conseguiu marcar foi o time visitante. Aos 12 minutos, Juninho cobrou falta na cabeça de Orobó, que não deu chance ao goleiro Carlos e deixou tudo igual. Com isso, o Coruripe não quis aceitar a situação, foi para o ataque e chegava com perigo em alguns momentos.
Aos 22 minutos, Ivan saiu driblando toda a defesa do time adversário e ao chegar na grande área foi derrubado, recebendo pênalti. Casagrande foi para a cobrança e aos 23’ mandou no travessão e perdeu uma grande oportunidade de desempatar para o Coruripe. Apesar de ainda insistir, o alviverde conseguia atacar mais que seu adversário, mas não aproveitava as oportunidades. Nos momentos finais, o Hulk pressionou bastante, buscou o gol, mas não conseguiu balançar a rede novamente graças às grandes defesas do goleiro sergipano. Asim, o Hulk acabou não conquistando seu objetivo.

Com o placar de 1 x 1, o Coruripe fica com o 2º lugar do grupo B somando 1 ponto, assim como o seu adversário. Em 14 jogos disputados contra times sergipanos (sem contar com este), o Hulk venceu 7, empatou 5 e perdeu apenas 2 vezes. Após essa partida, o alviverde do Litoral Sul vai visitar o Sport na próxima quarta-feira (11), às 19h, na Ilha do Retiro.

FONTE: Paulo Victor Correia / TNH1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.