GRANDES JOGOS: Treze-PB 4x3 Coruripe



O que parecia impossível, aconteceu. Após estar perdendo por quatro gols de diferença, o Coruripe reagiu e conseguiu evitar seu segundo pior vexame em competições nacionais. O jogo foi pelo Campeonato Brasileiro Série D 2011 em Campina Grande-PB. CONFIRA:

Série D 2011 - Treze-PB 4x3 Coruripe

Jogando de forma aberta e sem uma boa postura defensiva, o Coruripe amargou uma goleada por 4 a 0, mas reagiu, fez três gols e perdeu para o Treze na noite por apenas um gol de diferença: 4 a 3. Com grande atuação do atacante Warley, autor de três dos quatro gols do Treze, o time paraibano mostrou força e aproveitando uma “mãozinha” do árbitro, que assinalou uma penalidade inexistente, o Treze chegou a desenhar a goleada ao fazer 4 a 0. Doda abriu o marcador após uma cobrança de falta que desviou na barreira e traiu o goleiro Santos. Quando tudo já parecia perdido, o Coruripe iniciou uma incrível reação, marcando três gols. Ivan, Jaelson e Thony foram os autores dos gols do Hulk.

O JOGO

Image and video hosting by TinyPic

Nem bem começou a partida e Treze e Coruripe partiram de forma desembestada para o ataque. Logo no primeiro minuto de jogo, em jogada pela direita, Cleo chuta forte, cruzado e a defesa do Coruripe afasta com Jaelson. No minuto seguinte foi a vez do Coruripe quase marcar. Gueba descobre Edson Di no vazio, o atacante vai ao fundo e cruza para Paulinho Marilia, que se atira na bola, mas finaliza por fora, batendo na rede pelo lado de fora. Os dois times arriscavam bastante. O Treze insistia pelos lados, principalmente pelo direito com Cleo e com chutes de fora da área. Já o Coruripe tentava chegar, mas desperdiçava muitas jogadas por passes errados.
Até que aos 22 minutos, Jaelson cometeu uma falta na frente da área. Em jogada ensaiada, a bola foi rolada e Doda chutou firme, a bola desviou na muralha humana, deslocou Santos e morreu no fundo das redes. Três minutos depois, o Treze ampliaria a vantagem. Após um escanteio, o árbitro da partida deu uma penalidade na dividida entre os zagueiros André Lima e Mendonça. Warley bateu forte, alto, no meio do gol. Treze 2 a 0.
Ainda no primeiro tempo, Cleo pelo lado direito foi ao fundo e cruzou. A bola atravessou toda a extensão da área, ninguém cortou e Warley, novamente colocou no fundo das redes: Treze 3 a 0. O Coruripe pretendia consertar o sistema de marcação, mas apesar de uma melhorar tinha uma enorme desvantagem para desfazer. Edson Di recebeu passe de Ricardinho e por pouco não marcou. Carlos fez grande defesa. A resposta do Trexe foi no mesmo nível. Chapinha abriu espaço e de fora, escolheu o canto e deu um tapa. Santos se esticou e evitou mais um gol. Já na cobrança de corner, novamente Warley esperava no segundo pau e de cabeça conferiu; Treze 4 a 0. Jogo decidido e goleada aplicada.
O Coruripe não pensava assim.Em meia hora de jogo, o Coruripe reagiu fez três gols e obrigou o torcedor do Treze a vaiar o time. Primeiro foi Ivan que após um passe de Leandro empurrou no fundo do gol. Depois Jaelson dividiu com o goleiro e colocou para o fundo das redes diminuindo ainda mais. O Treze já havia desperdiçado outras oportunidades, mas aos 44, Cleo tentou, cortou um zagueiro e chutou. Santos fez uma defesa maravilhosa.
O castigo viria a galope. Aos 48 minutos após uma cobrança de escanteio, Theo subiu e empurrou para o fundo do gol. Treze 4 x 3 Coruripe.

Ficha Técnica

Treze-PB 4 x 3 Coruripe
Local: Estádio Ernani Satyro (Campina Grande-PB)
Campeonato Brasileiro – Série D -4ª Rodada
Árbitro: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira (RN)
Assistentes: Griselildo de Souza Dantas (SE) e Luis Henrique Gonçalves Correia (PB)
Cartões Amarelos: André Lima,Celico (Treze) Jaelson, Mendonça, Anderson (Coruripe)
Expulsão: Mendonça (Coruripe) André Lima (Treze)
Gols: Doda (Treze) 22’, Warley(Treze) 25’ (Pênalti), 39’ do 1º tempo e 20’ do 2º tempo; Ivan (Coruripe) 22’, Jaelson (Coruripe) 34’ e Théo (Coruripe) 48’ do 2º tempo

Equipes:

Treze: Carlos, Ferreira, Anderson (Ranieri), André Lima e Celico; Fábio Oliveira, Fernando Pires, Caipirinha (Danilo Gomes) e Doda; Cleo e Warley (Du)
Técnico:Marcelo Villar

Coruripe: Santos, Ricardinho, Leandro, Mendonça e Paulinho; Jaelson, Gueba e Anderson Lindoval); Edson Di(Theo) e Paulinho Marilia (Silvio)
Técnico: Ubirajara Veiga

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.